Wurlitzer não é Rhodes

By Marcelo Donati - 9/24/2009 09:36:00 AM

por Cris Germano

O Piano Wurlitzer tem um som maravilhoso! Mas é muito confundido com o seu primo famoso, o piano Rhodes.
Confesso ficar chateado quando o Wurlitzer está em ação e alguém fala: Caramba, que Rhodes....

Ed Motta, sempre antenado, em 1992, trouxe esse bichinho de volta no disco "Entre e Ouça".

Ed disse que, garimpando com seu amigo e parceiro Bombom, comprou um em São João de Meriti no Rio por 150 pratas. Hoje muito valorizado pelos 'mudérninhos' de plantão, instrumento que na década de 80 e 90 era sucata nos estúdios de todo Brasil.
Hoje muitos teclados VST tentam imitá-lo, alguns com sucesso. Vejam alguns simuladores de Wurlitzer e seus famosos usuários:

Nord Eletro stage 2 e 3 - Ed Motta, Donatinho e Leandro Cabral

Yamaha linha Motif - Glauton Campello, Paulo Calasans e Renato Fonseca

Roland Placa de Expansão 60 e 70 - Kiko Continentino

A diferença está nos detalhes, o Wurlitzer tem um som mais sequinho, mais proximo de um piano tradicional.

Seguem exemplos do Wurlitzer em ação, lembrando que Wurlitzer não é Rhodes...


Steely Dan - Your Gold Teeth



Incognito - This thing called love



Jamie Cullum - Back to the Ground



  • Share:

You Might Also Like

2 FeedBack